A saúde e a segurança dos colaboradores como prioridade

O Grupo Secil considera a saúde e a segurança como valores fundamentais que devem ser salvaguardados em todas as suas atividades.

 

Por tal, todos os nossos colaboradores recebem formação regular de modo a desempenharem as suas funções da forma mais segura possível.

Resultados alcançados
  • 6,0 – 2019 / 6,4 – 2018
    Taxa de frequência
  • 145,4 – 2019 / 153,9 – 2018
    Taxa de gravidade
Roadmap de Segurança

Desde 2017 que o Grupo Secil executa em todas as geografias onde está presente um Roadmap de Segurança. Esta é uma ferramenta global e transversal, que unifica a estratégia do grupo relativa à saúde e segurança no trabalho.

 

Cada país tem o seu próprio mapa com ações comuns ao grupo e específicas à localização, sendo responsável pela sua execução.

Principais objetivos do Roadmap de Segurança na Secil

 
Assegurar e divulgar

que os assuntos relacionados com Segurança e Saúde do Trabalho são prioridade da instalação e implementação de forma sistémica.

 
Melhorar

a comunicação e a divulgação dos temas de segurança.

 
Estabelecer

as responsabilidades dos gestores e supervisores relativamente ao tema Segurança e Saúde do Trabalho.

 
Implementar

regras e procedimentos de Segurança para as diversas atividades operacionais, nomeadamente para atividades-chave.

 
Definir

e implementar ferramentas técnicas de análise de risco.

 
Atribuir

competências aos colaboradores na área de Segurança através de formação técnica e comportamental.

Iniciativa interna

Programa Leading with Safety

 

O projeto iniciou-se com dez colaboradores de diversas áreas e geografias, através de um programa com o objetivo de capacitar os participantes para realizarem sessões de formação em “Safety Leadership/Liderança na Segurança”. No final foram formados 30 colaboradores, os nossos Embaixadores de Segurança.

 

Estes Embaixadores foram responsáveis por sessões realizadas em todas as geografias, onde superaram o desafio de transmitir o lado comportamental da segurança.

Embaixadores da segurança
  • 30
    Embaixadores
  • 45 sessões
    21 em Portugal, 2 em Angola, 9 no Brasil, 7 no Líbano e 7 na Tunísia
  • 560
    Colaboradores envolvidos