Portugal

Cimentos e Cal Hidráulica

Com uma capacidade de produção nacional de cerca de 4 milhões de toneladas de cimento por ano, a Secil, através das fábricas Secil-Outão, Maceira-Liz e Cibra-Pataias, assegura mais de 35% das necessidades de cimento em Portugal. As duas últimas unidades industriais integram a CMP, empresa detida a 100% pela Secil.

Secil Outão

A fábrica Secil-Outão, criada em 1904, em Setúbal, é um dos maiores complexos fabris de cimento em Portugal e tem uma capacidade de produção anual de cerca de 2 milhões de toneladas.

As características do vale onde está localizada a fábrica, com matérias-primas necessárias à produção de excelência e a acrescentar a facilidade de acessos rodoviários, ferroviários e marítimos – dispondo até de cais próprio – determinaram o êxito de uma das maiores empresas do setor cimenteiro em Portugal.

A fábrica Secil-Outão investe regularmente na modernização de equipamentos que contribuam para a redução dos impactes ambientais indissociáveis do processo de fabrico.

Maceira-Liz

A fábrica Maceira-Liz, inaugurada em 1923, foi a primeira, em Portugal, a produzir cimento de tipo Portland. Com uma capacidade de produção anual de cerca de 1,5 milhões de toneladas de cimento, esta unidade possui, em paralelo, há mais de 50 anos, uma fábrica de sacos de papel nas suas instalações.

A fábrica Maceira-Liz encontra-se muito bem documentada num museu, onde se encontra patente a história desde a sua criação. À semelhança do que se verifica nas restantes fábricas, também aqui há uma aposta na modernização tecnológica com vista a minimizar os impactes ambientais inerentes à sua atividade.

Cibra-Pataias

A fábrica Cibra instalou-se, em 1950, em Pataias (Alcobaça), com o objetivo de tirar partido das vantagens naturais da região, cuja pedra e areias apresentavam a qualidade necessária ao fabrico de cimento branco e que já tinham justificado a fabricação, na zona, do único ligante utilizado na construção da Abadia de Alcobaça.

Nesta unidade, que tem uma capacidade anual de cerca de 620 mil toneladas, é produzido tanto cimento branco da marca Cibra como cimento cinzento. Deste valor, 120 mil toneladas correspondem ao cimento branco, um produto considerado estratégico para o Grupo, o único produtor de cimento branco em Portugal.

Entrepostos Comerciais

Os inúmeros entrepostos que a Secil possui em Portugal e a grande variedade de opções de abastecimento, movimentação e controlo nas operações de carga do material (a granel ou ensacado, em palete ou pacotões) facilitam a aproximação geográfica com os seus Clientes.

É também nesta lógica que se inclui a prioridade dada pela Secil ao transporte marítimo. Daí a importância que o cais privativo da Secil-Outão assume, permitindo, não só, o abastecimento dos diversos entrepostos marítimos em Portugal mas também sendo uma peça fundamental na exportação de cimento e clínquer para mais de 30 países. Esta estrutura tem um impacto muito significativo na região, sendo a Secil o maior carregador em volume do porto de Setúbal.

Cimentos Madeira

A Cimentos Madeira constituiu-se em 1984 com uma pequena participação da Secil, tendo como objetivo realizar a receção, ensilagem, ensacamento e comercialização de cimento na Região Autónoma da Madeira. Em 2007, a Secil adquiriu a maioria do capital da empresa (57%), sendo o restante capital pertencente ao Governo Regional da Madeira.

Paralelamente, a Cimentos Madeira também adotou uma política de expansão para outros negócios na fileira do cimento, tendo adquirido a Brimade (agregados) e constituído a Beto Madeira (produção e comercialização de betão pronto).

Betões

O betão pronto é a segunda atividade com maior peso no volume de negócios do Grupo Secil. A empresa encontra-se representada através da Unibetão, que dispõe de 30 centrais de produção que cobrem a quase totalidade do território nacional.

Agregados

A Secil Britas, empresa exploradora de 12 pedreiras em Portugal, é uma das empresas na área dos agregados com capacidade para extrair granito e calcário para a construção. A Brimade (propriedade da Cimentos Madeira) é outra empresa do setor dos agregados.

Argamassas

A Secil está presente no mercado das argamassas industriais através da Secil Argamassas, pioneira na produção de Cal Hidráulica Natural e Argamassas Secas Industriais em Portugal. Esta empresa, cuja fundação é de 1891, tem cinco fábricas instaladas no território nacional, nomeadamente em Maceira, Pataias, Rio Maior, Montijo e Loulé.

Equipadas com a mais recente tecnologia no fabrico de argamassas, as fábricas da Secil Argamassas garantem uma vasta gama de produtos e soluções que satisfazem os elevados requisitos da construção, como a durabilidade dos materiais, o desempenho técnico das soluções, o elevado rendimento na aplicação e o aumento da eficiência energética dos edifícios.

Atualmente, a Secil Argamassas exporta os seus produtos para Espanha, França, Dinamarca, Reino Unido, Irlanda e Angola.

Pré-fabricados

A Secil Prebetão, com cinco unidades industriais espalhadas pelo país, produz e desenvolve soluções prefabricadas em betão que podem ter diversas utilizações (estruturas e pavimentos, por exemplo). Nesta área também assume particular importância a Argibetão, empresa produtora, entre outras coisas, de telhas e painéis solares.

Ambiente e Energia

Ao assumir o compromisso com os mais altos padrões de Sustentabilidade no seu processo produtivo, nomeadamente na incorporação de matérias-primas secundárias, no uso de combustíveis alternativos e na redução de emissões de CO2, o Grupo Secil está presente no mercado energético através da Reficomb (valorização de resíduos não metálicos), da AVE (gestão de resíduos) e a Allmicroalgae (produtora de biomassa de microalgas).

Como podemos ajudá-lo?

Contacte-nos através de um dos nossos telefones, ou submeta um formulário.